• drcharlesrsouza

Cardiomiopatia Hipertrófica

É uma doença primária do coração, caracterizada por hipertrofia sem dilatação ventricular, hipertrofia septal assimétrica e grave desarranjo das fibras musculares, que propicia o surgimento de arritmias graves.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Muito se estudou sobre os principais fatores de risco para morte súbita (MS), porém, ainda existem dúvidas sobre a melhor estratificação. A Diretriz Brasileira identifica 5 fatores de risco: HF positiva de MS; síncope inexplicada; espessura da parede do VE maior ou igual 30mm; TVNS; eTVS espontânea. E na presença de 1, e somente 1 desses, está indicado o implante de cardiodesfibrilador (CDI).

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O que a pessoa sente?

- Pode ser assintomática (não ter nenhum sintoma);

- Dor torácica, palpitação, desmaio, falta de ar;

- Insuficiência cardíaca avançada;

- Morte súbita, muitas vezes sem nenhum sintoma prévio (a CMH é a principal causa de morte súbita em atletas com < 35 anos).

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O tratamento vai depender da gravidade dos sintomas e pode incluir o implante de marca-passo ou CDI.





1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Local de atendimento

Belo Horizonte:

Clínica Cardiológica

Rua Grão-Pará 454, Santa Efigênia

(31) 3218-3444

Hospital Lifecenter

Av. do Contorno 4747, Funcionários

(31) 3280-4000

Clientes UNIMED, PMMG, IPSEMG

ligue e confira nossas condições especiais

Contatos

charlesriossouza@gmail.com

Instagram: @drcharlesriosarritmia