• drcharlesrsouza

Débito cardíaco

Débito cardíaco (DC) é o volume de sangue ejetado pelo ventrículo esquerdo para a aorta a cada minuto.

O sistema cardiovascular é um sistema fechado, não deve haver perdas, portanto em um coração eficiente, o débito cardíaco deve ser igual ao retorno venoso. Em média, são ejetados 5.250 ml/ min (débito cardíaco), e a mesma quantidade deve retornar ao átrio direito (retorno venoso – RV).

O débito cardíaco também não é imutável, está passível de alterações a todo momento. É o que acontece, por exemplo, quando você realiza uma atividade física, onde a frequência cardíaca aumenta e consequentemente leva ao aumento do débito cardíaco. Outro exemplo é quando você fica nervoso, assustado, enfim, são inúmeras as situações fisiológicas que podem aumentar o débito sistólico temporariamente e compensatoriamente, pois o retorno venoso também aumenta.


Porém, há situações patológicas onde o débito cardíaco sofre alterações, como por exemplo na insuficiência cardíaca, o volume ejetado (débito sistólico) é menor devido ao diminuição da função do coração. Em casos de patologias, onde o DC < RV, temos um coração ineficiente/insuficiente, onde o VS está reduzido, alterando todo o processo hemodinâmico de manutenção da homeostase.

Dúvidas? Deixe nos comentários!




3 visualizações0 comentário